Scup

“A minha marca não tem nada a ver com o coronavírus“, você pode dizer. “O meu segmento não está sendo impactado pelo Covid-19”, você pode acrescentar. A situação global, porém, segue em estado de alerta e as consequências ainda não estão completamente claras. Por isso, ter um monitoramento de redes sociais ativo é fundamental para garantir que uma crise não afetará o seu negócio.

 

Sabia que você também pode ouvir esse conteúdo em vez de ler? É só clicar no play!

 

Não é mais segredo para ninguém o fato de que um simples comentário nas redes sociais pode se tornar uma grande crise de imagem para as empresas, certo? O que talvez não seja tão claro para as marcas é que ter um monitoramento de redes sociais pode ser não só a solução para um escândalo, mas também a chave para evitar que uma situação dessas aconteça.

 

Se você concorda que prevenir é melhor do que remediar, continue lendo e veja os benefícios de uma ferramenta de monitoramento de redes sociais em tempos incertos:

Por que é importante ter um monitoramento de redes sociais

O monitoramento de redes sociais é responsável por trazer tudo aquilo que está sendo dito nas redes sociais, seja sobre a sua marca ou algum assunto em específico. Ferramentas como o Scup coletam as menções em tempo real e permitem que a sua empresa tenha noção do que está acontecendo naquele exato momento, sem a necessidade de esperar dias ou mesmo semanas para poder ter acesso a dados. 

 

Em épocas de crise global, como a pandemia do coronavírus, a existência de dados confiáveis em tempo real é um recurso extremamente valioso para a estratégia da sua marca, tanto online como offline. Mesmo que o seu segmento não esteja sendo afetado pela situação, um monitoramento de redes sociais pode ser o diferencial entre a sua empresa e os concorrentes. Por quê? É simples: ele te dá uma vantagem competitiva em relação a tudo o que está acontecendo.

Monitore a sua marca

Com um monitoramento, é possível saber tudo o que estão falando sobre você, mesmo que não mencionem o seu perfil diretamente. Esse recurso é fundamental para que haja um entendimento completo da situação, e não apenas sobre o grupo de usuários que está entrando em contato com a empresa. 

 

Muitas vezes, as pessoas não tagueam o perfil oficial das marcas quando vão demonstrar insatisfação. Às vezes, simplesmente, elas podem não ter sofrido diretamente um problema com a sua empresa, mas querem fazer parte da conversa online e publicam uma opinião negativa com base no que está acontecendo como um todo. 

 

Basta que um usuário publique algo negativo – mesmo sem mencionar a empresa – para que a situação saia do controle. Um monitoramento de redes sociais, porém, é o responsável por alertar as equipes envolvidas antes que isso aconteça porque permite às equipes ter uma visão completa da situação.

Monitore a concorrência

Essa visão completa permite que você entenda o que está sendo dito não só sobre você, mas também sobre os concorrentes. É importante ficar de olho nas outras empresas que atuam no seu ramo! A saúde da concorrência nas redes sociais, as reclamações mais frequentes e até mesmo os memes dos concorrentes são informações valiosas na hora de traçar a estratégia da sua marca.

 

Além disso tudo, um monitoramento de redes sociais permite que sua empresa também fique de olho em qualquer assunto que surja. Qual a relação da sua marca com o coronavírus? Pode parecer que não há nada te ligando a esse tópico, mas a internet é muito dinâmica e as coisas sempre acontecem em velocidades muito altas.

 

Quando você tem acesso a dados concretos e confiáveis sobre a sua empresa, a concorrência e o contexto em que isso está inserido, é possível ter insights e planejar ações com base em números e não achismos.

O que torna um monitoramento valioso

Os benefícios de um monitoramento de redes sociais são imensos, seja em uma época de crise para as empresas ou não. O acompanhamento de perto permite que as marcas estejam à par de tudo o que está acontecendo ao seu redor, o que pode evitar que pequenos problemas se tornem grandes crises de imagem. Mas o que existe nos monitoramentos que tornam isso possível?

 

Um monitoramento se baseia em quatro pilates: coleta, palavras-chave, tagueamento e alertas. Vamos falar sobre cada um deles.

Coleta em tempo real

É fundamental que a ferramenta de monitoramento colete as menções o mais rápido possível – cada segundo conta muito quando estamos falando de internet e redes sociais no cenário comum. Em momentos de crise, essa rapidez é ainda mais valorizada.

 

Além da coleta em tempo real, é interessante buscar por ferramentas que possuam relatórios gerados instantaneamente. Com esse recurso, você não consegue somente coletar, mas também analisar a fundo todos os dados obtidos.

Palavras-chave

As palavras-chave são os termos usados na configuração do monitoramento. Além do nome da sua marca e suas variações, é importante ter uma lista de palavras pensada para cada situação interessante de ser monitorada. Isso inclui os tradicionais termos que indicam insatisfação como palavras envolvendo o seu mercado. Se você é uma marca de absorventes femininos, por exemplo, é interessante monitorar também o que está sendo dito sobre calcinhas absorventes e coletores menstruais, por exemplo.

 

Para o caso de crises, a lista de palavras deve conter todos os termos que façam sentido para o seu negócio. “Hacker” é um termo interessante para ser monitorado por bancos ou empresas que trabalhem com dados, mas talvez não para restaurantes.

Tagueamento

Utilizando ferramentas de monitoramento de redes sociais, é possível cadastrar tags de acordo com os assuntos monitorados. O tagueamento é feito com base nas palavras-chave e ajuda na hora de analisar resultados e prevenir crises. 

 

Por exemplo: ao cadastrar a palavra “hacker” na tag “Problemas de segurança”, você garante que toda menção coletada contendo esse termo receberá a tag previamente definida. Para prevenir crises, é possível criar alertas para que pessoas específicas sejam avisadas quando houver alguma publicação contendo essa tag, mas isso vamos explicar a seguir.

 

É possível criar várias tags de acordo com suas palavras-chave e o que faz sentido para o seu negócio, ou seja, um monitoramento também permite mensurar o que está sendo dito de bom sobre a sua marca nas redes sociais.

Alertas

Um dos recursos mais valiosos dos monitoramentos de redes sociais são os alertas. É possível configurar as ferramentas para que equipes ou pessoas específicas recebam avisos de acordo com tags pré-estabelecidas. 

 

Se você possui um ecommerce de roupas e estão reclamando da entrega, por exemplo, não faz sentido que a equipe de desenho receba avisos sobre isso. Tais configurações permitem que a informação chegue diretamente a quem importa, sem qualquer perda de tempo.

 

É possível configurar os alertas de acordo com a estratégia de cada empresa e com os cargos de cada integrante da equipe. 

 

Em momentos de crise, os alertas são muito valiosos e podem significar a melhora da situação de forma rápida e eficiente.

Aja no tempo certo

Todos os recursos mencionados acima são essenciais para identificar o que está sendo dito sobre a sua marca no tempo certo, seja para tomar uma atitude antes de seus concorrentes ou para agir e reverter uma situação negativa. 

 

Em casos de crise ou períodos de incertezas, os dados obtidos com o monitoramento de redes sociais ajudam a tomar decisões conscientes com base em dados e experiência. A atuação das equipes existententes frente a situações inesperadas – como é o caso da pandemia do coronavírus –  fica fortalecida e preparada para os desafios que surgirem.

 

A parte boa é que não é necessário viver uma crise ou uma situação inesperada para provar o valor de um monitoramento. Os insights obtidos mensalmente também são de extremo valor para a estratégia da empresa e suas ações futuras.

 

>>> Veja também: Como o coronavírus está impactando as marcas

Deixe Sua Opinião

(Your email address will not be published. Required fields are marked)