Scup

Tem novidade na área! Boas notícias especialmente para as marcas que já vendem ou querem começar a vender produtos online. Em uma live, Mark Zuckerberg anunciou o Facebook Shops, o novo passo da empresa em direção ao ecommerce. Veja como vai funcionar 👇

 

Em abril, o CEO do Facebook já havia anunciado novas funcionalidades do Facebook, Instagram e WhatsApp durante uma transmissão ao vivo. O formato mais intimista do anúncio é uma das consequências do Covid-19, que fez com que a conferência anual da empresa fosse cancelada. Em seu lugar, Mark Zuckerberg irá fazer lives para contar as novidades da rede social.

 

Mais uma vez, as notícias da empresa estão relacionada ao coronavírus: o Facebook Shops é um recurso criado especialmente para os pequenos negócios, que têm sofrido com a pandemia e correm o risco de fecharem as portas.

 

A novidade é mais uma tendência acelerada pelo coronavírus, mas vale ressaltar que recursos de compra online já vinham sido explorados pelo Facebook e Instagram – as etiquetas de compra, a aba de Compras e o Instagram Checkout são alguns exemplos que ilustram esse fato.

 

O que o Facebook Shops tem de novo, então?

O que é o Facebook Shops

O Facebook Shops é um novo recurso que permitirá às empresas criarem lojas online tanto no Facebook como no Instagram. No futuro, também será possível comprar produtos pelo Messenger, WhatsApp e Direct Messages 🤩
Print do Facebook Shop

 

Segundo Mark Zuckerberg, pequenos negócios que nunca haviam tido presença digital estão indo para o online. Aqueles que tinham pouca força nesse meio agora estão concentrando seus esforços e tornando o digital a principal forma de fazer negócios.

 

Devido ao coronavírus, 31% dos pequenos negócios nos Estados Unidos deixaram de funcionar. O novo recurso é uma tentativa de ajudar essas marcas a sobreviver nesse período tão crítico.

 

“Isso não vai compensar todos os negócios perdidos, mas pode ajudar. E para muitas pequenas empresas durante esse período, essa é a diferença entre permanecer à tona e afundar. ”  – Mark Zuckerberg, CEO do Facebook

Como o Facebook Shops funciona

A ideia do Facebook Shops é que as empresas possam construir lojas online nos seus perfis do Facebook e Instagram, criando um catálogo que os usuários possam acessar, salvar, compartilhar e, claro, comprar. Na prática, como isso funciona?

 

Segundo a rede social, o Shops é fácil e rápido de se criar e poderão ser acessados tanto via Facebook como Instagram. As lojas virtuais serão customizáveis, ou seja, as empresas poderão escolher quais produtos aparecem no catálogo e customizar cores e botões, ajustando-os à identididade visual da marca.

 

Veja o vídeo: 

 

Além disso, também será possível usar os recursos de realidade aumentada disponibilizados pela rede social e inteligência artificial. No caso da AR, estamos falando de filtros que permitem testar maquiagens e provar roupas. Já para a IA, a customização será em relação ao que cada usuário vê na página principal, por exemplo.

A experiência de compra

Com o digital se tornando a primeira opção de cada vez mais pessoas (e empresas), é claro que a rede social está preocupada com a experiência de compra dos usuários. 

 

“Queremos dar às pessoas um lugar para experimentar a alegria de fazer compras versus a tarefa de comprar. E queremos ajudar as pequenas empresas a se adaptarem e tornar mais fácil para as pessoas descobrirem e comprarem o que amam.” – Mark Zuckerberg

 

Assim como em uma loja física, é possível que surjam dúvidas. Para isso, as ferramentas de chat das plataformas estão disponíveis para que os usuários entrem em contato com a marca.  De acordo com o Facebook, será possível enviar uma mensagem pelo Messenger, Direct Messages e até mesmo WhatsApp.

 

O plano é que, nos próximos meses, também seja possível fazer compras diretamente por esses canais, como mostra a imagem abaixo. 

 

Facebook Shops no WhatsApp

 

Como parte da experiência de compra, também será possível conectar o Facebook Shops a eventuais programas de fidelidade da marca, garantindo que os consumidores terão seus pontos acumulados para gastar depois – também dentro da loja virtual.

Como criar o Facebook Shops

A novidade é boa, mas os usuários brasileiros ainda precisão esperar um pouco para criarem suas lojas virtuais. O Facebook Shops está disponível nos Estados Unidos somente no FB. A versão do Instagram deve chegar nos próximos meses.

 

Quanto ao resto do mundo, foi anunciado que o recurso também estará disponível nos próximos meses. Estamos ansiosos! E vocês?

 

Enquanto o Facebook Shops não chega ao Brasil, não fique parado. Use as redes sociais da sua marca para se aproximar dos clientes, manter a marca viva e levar os usuários ao seu site ou ecommerce.

 

E lembre-se: o atendimento via redes sociais é essencial para todos esses passos e será ainda mais fundamental quando o Facebook Shops chegar. Então não dê bobeira, ok? Veja aqui como melhorar seu atendimento nas redes sociais.

 

Agora, queremos saber: o que você achou da novidade do Facebook?

 

>>> Veja também: O que seu ecommerce pode fazer para lidar com o coronavírus

 

Deixe Sua Opinião

(Your email address will not be published. Required fields are marked)