Scup

Para se destacar no mercado, é preciso oferecer ao consumidor a melhor experiência possível. Como já falamos antes, os emojis podem ser um ótimo recurso para tornar a sua marca mais próxima dos clientes e mostrar o lado humano da empresa.

 

Se você não tem muita certeza de como incluí-los na sua comunicação, seja no atendimento ou no marketing digital da sua marca, você está no lugar certo. 🥊 Preparamos um guia de como usar emojis para que não haja nenhuma confusão. Olha só:

 

Você também pode escutar esse conteúdo. É só clicar no play!

 

 

O que não fazer

Emojis podem ser o diferencial na comunicação da sua marca, mas também podem ser um desastre e gerar situações desagradáveis. A gente te dá dicas do que não fazer:

 

#1 Tenha sensibilidade. Assuntos graves geralmente não se dão bem com emojis. Pode parecer que você está tentando simplificar a situação e, de certa forma, diminuindo-a. Utilize-os quando o tema for mais leve e a situação, favorável à sua marca. 

 

#2 Saiba quando usar. Situações de atendimento em que o cliente está bravo também não são boas opções para usar um emoji. Ele pode achar que você não está levando a reclamação a sério e ficar mais nervoso ainda. Isso não significa que eles não podem ser usados: quando o case já estiver resolvido, está liberado mandar, por exemplo, um sorriso.

 

#3 Saiba o significado. Não use objetos aleatórios se não tiver certeza que eles combinam com o que você quer dizer. Alguns emojis têm um significado além do desenho em si. A berinjela, por exemplo, tem conotação sexual, mas não é a única: o pêssego e a cereja também são algumas das figuras que tem sentido erótico. 🍆 🍑 🍒 A não ser que seu conteúdo tenha a ver com isso, evite-os.

Gráfico que mostra como o emoji de pêssego é usado no Twitter
Gráfico que mostra como o emoji de pêssego é usado no Twitter. Fonte: Emojipedia.

 

 

#4 Não tente criar efeito. Não repita um único emoji na mesma frase para causar efeito. Passa a ideia de que você não sabe utilizá-los, podendo soar como ingenuidade.

 

#5 Não exagere. Evite usar mais de quatro emojis por vez.

 

#6 Saiba como usá-los. Emojis não substituem as palavras. Não substitua frases inteiras — o resultado pode ser difícil de compreender, gerando uma situação desastrosa para sua marca. 🚫

 

Release da Chevrolet escrito com emojis

 

Se você achou curioso que nem sempre os emojis são o que imaginamos, dá uma olhada nesse vídeo para descobrir os verdadeiros significados dos desenhos:

 

 

O que fazer

Antes de usá-los, considere algumas questões. 🤔 Eles serão entendidos pelo seu público? Quais emojis eles já usam? Quais estão relacionados à sua marca? O significado deles está claro? Eles estão ajudando a transmitir a mensagem desejada?

 

Se a resposta para essas perguntas for satisfatória, siga adiante e não esqueça das nossas dicas do que fazer:

 

#1 Emojis fazem parte do cotidiano. Os emojis são parte do vocabulário. Portanto, adeque-os à linguagem da sua marca  — eles devem soar naturais. Para garantir que isso aconteça, imagine que sua empresa é uma pessoa e está conversando com um amigo. Com que frequência ela usaria emojis? Quais seriam os mais utilizados?

 

#2 Tenha um objetivo. Use-os com um propósito: para enfatizar sua ideia, dar um tom mais leve à conversa ou transmitir simpatia, por exemplo.

 

#3 Use-os estrategicamente. Os emojis comprovadamente geram mais engajamento. Use-os a seu favor, adaptando-os à realidade da sua marca.

 

Tweet da Bud Light em que emojis são utilizados para representar a bandeira dos Estados Unidos. Ele foi postado no feriado de independência do país, quatro de julho.

 

#4 Não tenha medo. Se você ainda não está familiarizado com emojis, comece enviando-os em suas conversas pessoais. Quando sentir segurança, avance para o atendimento e só depois inclua-os em sua estratégia de marketing. Na dúvida, opte por aqueles mais básicos. 😀

 

#5 Faça testes. Use-os nas suas comunicações e veja o desempenho delas. Dessa forma você entende na prática como o seu público reage a eles.

 

Em caso de qualquer dúvida sobre emojis, a Emojipedia pode ajudar. Ou você também pode falar com a gente: @ScupBrasil no Facebook, Twitter e Instagram. 😉

 

>>> Veja também: Os novos emojis da Apple e a acessibilidade

Deixe Sua Opinião

(Your email address will not be published. Required fields are marked)