Scup

Existe um algoritmo por trás de cada rede social. Nada que aparece na sua tela é por acaso, pelo contrário. Seja no Instagram, Twitter, Facebook, YouTube ou LinkedIn – há uma matemática por trás de cada post, e é isso que faz cada plataforma funcionar da forma que conhecemos. Esse post é para falar sobre o algoritmo do Instagram.

 

Você também pode conferir este conteúdo em áudio, é só dar play! ⏯

Tudo começou em 2016. Em julho, o Instagram parou de mostrar as publicações em ordem cronológica. Desde então, o que aparece no feed é organizado por um algoritmo. Ou seja, há uma série de códigos que fazem com que certas publicações apareçam na sua timeline e outras, não. 

 

Em 2018, o Instagram fez novas mudanças no feed dos usuários, devolvendo um pouco da cronologia de antes, mas mantendo a importância das relações entre perfis dentro da plataforma. 

 

Abaixo estão 5 fatos para entender melhor o algoritmo do Instagram – e melhorar o desempenho da sua marca na rede social. 

Suas curtidas influenciam no algoritmo

Quantos likes essa princesa merece? O Instagram não só considera quais contas você segue, mas também quais publicações você curte. O seu comportamento na plataforma diz que tipo de conteúdo você gosta de ver quando abre o app. 

 

Com base nisso, o algoritmo escolhe posts que têm a ver com o seu perfil – a ideia é que você goste daquilo que vê e queira ficar ainda mais tempo ali.

 

Além disso, o Instagram também mostra as publicações que estão fazendo sucesso. Então, além dos posts que você normalmente curte, seu feed também terá conteúdos que estão recebendo muitos likes e comentários. Lembre-se: quanto maior o engajamento de um post, mais ele será considerado de qualidade pelo algoritmo.

As contas com as quais você interage contam

Para a rede social, um relacionamento vai muito além dos likes – o algoritmo do Instagram leva em conta não só as curtidas, mas também comentários em publicações, conversas nas DMs e em quais fotos o seu perfil é marcado. Mais que amigas, friends! 

 

Todas essas interações são levadas em conta na hora de escolher quais publicações vão aparecer no seu feed. Quanto mais você se relaciona com as pessoas dentro do app, mais eles serão considerados como “amigos e família” pela plataforma – e, portanto, aparecerão com mais frequência para você.

 

Dito isso, é provável que o Instagram saiba mais sobre com quem você conversa do que a sua mãe. 😂

A cronologia ainda importa

Poucos usuários gostaram quando o Instagram acabou com a cronologia do feed em 2016. Ao longo do tempo, mais e mais pessoas reclamaram e pediram a volta das publicações de acordo com o dia e horário que foram postadas.

 

Finalmente, em 2018, o Instagram trouxe de volta um pouco das origens do app. Com a nova mudança de algoritmo, a data da publicação é novamente levada em conta pelo algoritmo. Há indícios de que a rede social está fazendo testes relacionados ao feed cronológico, mas nada é certo ainda.

 

Como há outros fatores além da cronologia, o feed costuma ser uma mistura de publicações recentes e posts mais antigos de perfis que você interage com frequência.

Menina, você só fica nesse Instagram!

Quantas vezes você abre o app do Instagram por dia? Essa informação também é levada em conta pelo algoritmo. Quanto mais você checa o seu feed, mais a rede social mostrará publicações recentes. 

 

Se você é desses que só abre o aplicativo duas vezes por dia, é mais provável que as publicações serão escolhidas de acordo com o que já falamos por aqui: relacionamento com outros perfis e engajamento do post.

 

Basicamente, o algoritmo do Instagram leva duas coisas em conta: o relacionamento entre os usuários e a qualidade do conteúdo, medida pelo engajamento do post. Depois, entra em cena a cronologia: posts recentes também são importantes e com certeza aparecerão no feed. Tudo isso para garantir que você veja publicações relevantes.

 

O algoritmo das redes sociais, entretanto, não é uma ciência exata. É preciso testar os conteúdos que melhor funcionam com o seu público sem medo de errar. Se tiver alguma dúvida, é só entrar em contato com a gente!

 

Veja também: Como funciona o algoritmo da Aba Explorar

Deixe Sua Opinião

(Your email address will not be published. Required fields are marked)