Scup

Já deixamos avisado aqui que o LinkedIn não é uma rede social qualquer. Muito pelo contrário, por mais que pareça “profissional demais”, ela possui grandes benefícios para a sua marca – portanto é hora de investir nessa estratégia.  

 

Separamos algumas marcas que podem te inspirar a fazer um bom trabalho no LinkedIn:

 

Magazine Luiza

 

A empresa de tecnologia focada no varejo tem uma forte presença nas principais redes sociais — e no LinkedIn nada muda.

 

Diferente dos outros canais, as publicações da marca no LinkedIn não são focadas na divulgação dos produtos disponíveis para a venda, mas sim naquilo que está por trás das lojas da Magazine Luiza. Um exemplo é o LuizaLabs, o seu laboratório de Tecnologia e Inovação, cujo maior objetivo é a digitalização do varejo.

 

Com uma linguagem próxima e divertida, a Magalu compartilha principalmente posts sobre  aquilo que acredita. Isso enriquece a imagem da marca para os usuários, valorizando não apenas a qualidade dos produtos mas o atendimento personalizado que possui.

 

Ifood

 

Não é só de cupom de desconto que a empresa de delivery de comidas vive. No LinkedIn, o objetivo do Ifood é usar a autenticidade para mostrar o dia a dia dos funcionários, eventos e atividades. Com isso, os usuários ficam mais próximos da realidade da empresa para se sentirem parte do negócio.

 

Aconteceu algum evento na sua empresa? Tire fotos dos funcionários e compartilhe com os seus seguidores como foi a experiência. Afinal, todo mundo tem aquela curiosidade de como funcionam as marcas.

 

Itaú Unibanco

 

Já que o LinkedIn é uma rede social corporativa, por que não aproveitá-la para atingir os profissionais do mercado? O banco Itaú é um exemplo de empresa que aposta na plataforma na hora de recrutar novos colaboradores.

 

Para atingir outros públicos, o Itaú vem se tornando um banco cada vez mais digital. Afinal, essa é a tendência do momento. Para conquistar os clientes mais conectados, estar nas redes sociais é um dos principais requisitos.

 

No LinkedIn, a empresa foca principalmente na divulgação de vagas. Por ser um canal mais profissional, o Itaú aproveita para engajar com os usuários que estão a procura de empregos, clientes e também aqueles têm o interesse de acompanhar outras novidades relacionadas ao banco.

 

O LinkedIn, por ser uma rede social de troca de informações profissionais, se torna o canal mais adequado para esse tipo de divulgação. Além disso, ele auxilia na procura por novos colaboradores, pois possui uma ferramenta de recrutamento.

 

Como é a estratégia de social no LinkedIn da sua marca? Compartilha com a gente: @ScupBrasil no Instagram, Twitter, Facebook e LinkedIn.

Deixe Sua Opinião

(Your email address will not be published. Required fields are marked)