Scup

 

O ano está chegando ao fim e muitos aprendizados foram passados aqui no nosso blog. Para  ninguém perder nada, reunimos os melhores insights de 2018 que devemos, com toda certeza, levar para 2019.

 

Aproveite:

 

Os emojis na comunicação da sua empresa

Usar emojis é uma maneira de marcar presença nas redes sociais e, ao mesmo tempo, diferenciar-se dos concorrentes. Eles não só mostram que a marca está atenta às tendências atuais, mas prova que ela é próxima de seus clientes❤️  Afinal, o que poderia ser mais pessoal do que comunicar-se na mesma linguagem que seu consumidor usa para falar com os amigos e familiares?

 

O poder da empatia

“Quanto mais você estiver emocionalmente conectado com a sua história, mais preparado você estará para criar uma conexão afetiva com a sua audiência. Por isso é importante estar aberto para o que o universo te fala, escutar a si mesmo e o que seu coração fala pra você” – Cheryl Miller Houser, fundadora e CEO da agência Creative Breed

 

Mobile Friendly

As pessoas enxergam sua marca como uma coisa única. Elas esperam, portanto, uma experiência igualmente agradável em todos os canais — sejam eles online ou offline. No mobile, a expectativa é que não haja nenhum tipo de atrito na hora de realizar qualquer ação, independente do grau de complexidade dela. Ou seja: as pessoas não esperam nada menos do que experiências incríveis em todos os pontos da jornada.

 

Valorize as ferramentas de atendimento (e o seu cliente)

Ao receber um atendimento de qualidade, o consumidor se sente valorizado e espalha essa satisfação entre os amigos e seguidores. Dessa forma, você ganha duas vezes: aumentando a produtividade e recebendo a publicidade que mais importa: a orgânica.

 

Inteligência Artificial

A inteligência artificial é um mundo a ser explorado pelas empresas. Na era do imediatismo, a interação das marcas por meios digitais proporciona uma experiência personalizada e única para os consumidores.

 

Seu cliente não é o “Caso #498”

Hoje em dia é comum que as empresas passem mais tempo conquistando novos clientes do que fidelizando os que já existem. O processo de fidelização é, basicamente, construído pelo bom relacionamento, ágil e personalizado — chamar o consumidor pelo nome faz parte disso.

 

Como usar hashtags?

Melhor do que ser vista, é ser vista pelas pessoas certas. Sua empresa precisa não só de seguidores, mas de usuários que sejam possíveis clientes — e as hashtags podem ser uma ótima maneira de chegar até eles. Para isso, é necessário usar aquelas mais específicas. Elas trarão usuários que passam tempo curtindo e comentando as fotos que as acompanham.

 

Trabalhar com dados e pessoas

Os números em si não trazem informações diferentes de “sim, sua marca está acertando” ou “não, sua marca poderia fazer melhor”. É nessas horas que as pessoas são fundamentais: só elas são capazes de efetivamente definir os próximos passos.

 

Defina sua personas

Para não cair no erro de generalizar demais o público da sua empresa, é fundamental desenvolver personas cuidadosamente. Assumir que você já conhece sua audiência pode ser um erro grave e trazer grandes consequências para a marca, mas não incrementar a persona o suficiente também. Nem um, nem outro: você precisa indicar os vários tipos de clientes que você tem e retratá-los com cuidado.

 

Autenticidade das marcas

Todo mundo sabe como é difícil acharmos marcas e também pessoas verdadeiramente transparentes sobre os seus produtos e serviços. E, por outro lado, é o que todos como consumidores procuram: autenticidade, verdade e confiança. A autenticidade é perceptível para os consumidores e cabe às marcas construírem uma boa relação com os clientes por meio de atitudes transparentes e reais.

 

Qual desses insights a sua marca usou esse ano e vai levar para 2019? Conta pra gente e não esquece de acompanhar os nosso conteúdos: @ScupBrasil no TwitterInstagramFacebook e LinkedIn.

Deixe Sua Opinião

(Your email address will not be published. Required fields are marked)